(48) 3901-2000
vendas@unilimoveis.com.br CRECI 1162J

É melhor morar em Curitiba ou Florianópolis?

24 mar 2020

É melhor morar em Curitiba ou Florianópolis?

Está aberto o placar, Curitiba versus Florianópolis! 

Ambas na região Sul, Curitiba e Floripa estão entre as duas melhores capitais para morar no país. As duas disparam nos rankings de qualidade de vida e ainda servem de referência para o Brasil e o mundo. Quando o assunto é transporte público e saúde, Curitiba lidera. Quando falamos em tecnologia e educação, pensamos em Floripa.

Normalmente, quem opta por morar em Florianópolis faz parte de um público diferente de Curitiba, então, por se tratar de duas capitais ótimas, a escolha vai depender do seu estilo de vida. 

A Unil Imóveis trouxe neste post alguns pontos te ajudar a escolher se é melhor morar em Curitiba ou Florianópolis de acordo com o seu perfil. Acompanhe!

Morar em Curitiba ou Florianópolis: Pontos positivos

Curitiba 

Curitiba tem 1,765 milhões de habitantes e conta com 14 cidades periféricas. É charmosa por ter um clima ameno durante o ano e isso traz elegância no jeito de se vestir do curitibano: é comum ver as pessoas andando de casacos, cachecol e touca na rua, como se estivessem na Europa. 

A capital paranaense já foi comparada com Londres, pela grande quantidades de dias nublados, e muitos a chamam de “Rússia brasileira”, por conservar costumes dos imigrantes, principalmente, poloneses, ucranianos, alemães e italianos. A temperatura influencia o jeito curitibano, que é mais fechado e introspectivo.

Na verdade, o clima curitibano pode ser enlouquecedor, por reunir num único dia, as quatro estações do ano. Isso ocorre porque Curitiba está a quase mil metros acima do nível do mar, é como se você vivesse no alto de uma montanha com várias precipitações de temperatura. 

Os curitibanos já andam precavidos e usam o modo cebola ao sair de casa, que é se encher de roupas, começando do mais quente para o mais frio, e na medida em que se esquentam, vão se “descascando” ao longo do dia. Pode gear, aparecer um sol muito quente ou ainda chover e esfriar, tudo em 24h.

O clima não muito agradável faz com que a cultura curitibana seja muito focada na rotina de trabalho. Isso agrada um público mais velho e reservado.

O lado bom disso é que é possível encontrar todo tipo de serviço de qualidade desde cedo, o que leva a outra característica muito curitibana que é a exigência. 

Pra você ter uma ideia desse atributo, a Prefeitura da cidade disponibiliza  gratuitamente um serviço de comunicação chamado Portal 156 que, inicialmente, era o número de telefone para pedir e solicitar melhorias de serviços, mas cresceu muito e já tem até site e aplicativo.

A Prefeitura disponibiliza coleta de lixo verde, horários dos ônibus, corte de árvores, melhoria de calçadas ou asfaltos e muito mais, tudo a pedido do Portal. 

Florianópolis

Floripa, por outro lado, tem um outro tipo de glamour. Com aproximadamente 500 mil habitantes, a Ilha é estreita e comprida e possui entre 42 a 100 praias, não se sabe ao certo.

Por ser uma região litorânea, a característica principal de Florianópolis é a descontração, atraindo muitos jovens que curtem uma vida mais simples, cercada de paisagens lindas, sem muito agito.

Quase todo manezinho, os nativos da Ilha, são filhos de pescadores que apreciam a natureza, surfam e aderem a um estilo de vida saudável. Interessados em alimentação equilibrada e em envelhecer com saúde, Floripa tem uma cultura voltada para o corpo, atividades físicas e esportes marítimos. 

A temperatura média em Florianópolis é mais alta do que em Curitiba, o que faz com que o manezinho seja mais leve e muito bem humorado, com uma simplicidade encantadora e incrível. 

O apelido de Florianópolis é Ilha da Magia. Desde as famosas lendas contadas por Franklin Cascaes, até a fama da Ilha acolher bruxas no período da Inquisição de Portugal. O nome marca uma característica forte: o misticismo. A cidade atrai pessoas que gostam de praticar yoga, tem interesse por Astrologia, sagrado feminino, mochileiros e hippies. 

Já deu pra perceber que o estilo de vida em Florianópolis é muito tranquilo e pouco sofisticado enquanto Curitiba é o oposto? Assim, pra você entender melhor, podemos dizer que Curitiba é a São Paulo e Florianópolis é o Rio de Janeiro do Sul. 

Pontos positivos de cada cidade

Morar em Curitiba ou Florianópolis significa viver com qualidade, constituir família e ter sossego, pois as cidades têm acesso a educação, boa alimentação, moradia e ótimas oportunidades de trabalho.

Curitiba é uma cidade que não falta emprego nunca, já que é uma das capitais com o índice de desemprego mais baixo do país. Com o programa das Ruas da Cidadania da Prefeitura, é possível encontrar oportunidades de cursos, profissões, opções de lazer e esporte em várias regiões da cidade. Nessas mesmas ruas, há o Sacolão da Família, com frutas e verduras disponíveis a preço de custo. 

Floripa tem os mesmos benefícios de empregos, principalmente na área da inovação e tecnologia. Não é a toa que a capital é mundialmente conhecida como a “Vale do Silício” brasileira. No quesito lazer, a Ilha dá um show em belezas naturais para fazer trilhas, tomar banho de cachoeira ou caminhar na praia. 

É possível encontrar diversas feiras de produtos orgânicos espalhadas pelos bairros de Floripa, com preços bem acessíveis. 

As duas cidades capricham nas questões ecológicas, tanto de preservação quanto de plantio. Curitiba é uma das capitais mais arborizadas do Brasil. Em janeiro de 2020, foram plantadas  43 mil mudas, sem falar que a capital paranaense possui diversos pontos de área verde espalhados nos parques, praças e ciclovias. 

Florianópolis é a cidade com maior número de Área de Preservação Permanente (APP), ocupando uma área total de 128,32 km², que representa 30,07% da área da Ilha de Santa Catarina. É muito verde para admirar. Em alguns bairros, como a Lagoa da Conceição ou Santa Mônica, é possível receber as visitas dos macacos pregos ou saguis que circulam entre as casas e as APP’s.

Floripa conta com diversos hortos comunitários, como no bairro do Campeche, em que as pessoas podem trocar resíduos orgânicos por frutas e hortaliças ou o horto florestal do Córrego Grande, que disponibiliza mudas gratuitas para plantio de hortas e jardins. 

Pontos negativos das cidades

Apesar das duas cidades serem exemplares e estarem muito à frente do nível nacional das capitais brasileiras, ambas precisam de melhorias em alguns aspectos.

Curitiba

Curitiba deixa muito a desejar no quesito segurança, comparada à calmaria da Ilha. Não é seguro sair à noite em algumas regiões, como no Centro por exemplo. Isso ocorre principalmente por Curitiba ter diversas cidades vizinhas ao redor, que facilita o giro da criminalidade em torno do tráfico de drogas

A cultura brasileira alegre e extrovertida que conhecemos não se aplica em Curitiba, com raras exceções. Isso porque o curitibano não é muito aberto e não costuma puxar assunto numa primeira conversa, o que pode ser um choque para você que não está acostumado. 

Apesar de ser muito bem servida de parques e bosques para atividades ao ar livre, Curitiba não tem praia, cachoeiras ou qualquer tipo de distração para quem ama estar em contato com a natureza. Se você tem o costume de ver o mar, terá que se deslocar pelo menos 100 quilômetros, que é onde fica a praia mais próxima. 

Florianópolis

Um dos pontos negativos de Floripa é, sem sombra de dúvidas, o ritmo extremamente lento de alguns serviços. Se você é prático e organizado, que gosta de ter tudo pronto e feito de antemão, vai desejar arrancar os cabelos ao pedir por algum serviço e receber a resposta de que vai ficar pronto na semana que vem.

Infelizmente, não é possível contar com a Prefeitura de Florianópolis, a não ser em ano eleitoral. Ela não oferece a mesma competência que Curitiba. Pra você ter uma ideia, há um projeto para regulamentar o saneamento básico em Floripa que ainda está no papel. 

O trânsito é um fator bem importante em Floripa. Claro que isso é um problema de quase toda cidade metrópole, e não é diferente em Curitiba e em Florianópolis. 

A diferença das duas cidades é que o sistema de ônibus em Curitiba e a manutenção e investimentos que a Prefeitura faz no trânsito são impecáveis. Não é a toa que Curitiba tem um dos sistemas de transportes mais modernos do mundo, sendo copiado por mais de 80 países. 

Florianópolis não recebe os mesmos investimentos, e quando recebe, tem aquela desconfiança se vai ou não ter conclusão, pois algumas obras levam anos para serem concluídas. 

O exemplo clássico é a Ponte Hercílio Luz, com início de sua construção em 1922 e conclusão no ano de 2019. Não espere a Prefeitura para cobrir o buraco que parece uma cratera, implantação de novos semáforos ou a construção de vias alternativas para desafogar o trânsito. 

O transporte público funciona na Ilha, mas está longe de ser realmente efetivo. As linhas de ônibus são insuficientes e não acompanham o crescimento da população. Assim, você vai ter que se deslocar de carro ou usando aplicativos, fazer longas viagens e passar horas engarrafado, principalmente nos limites que dividem Floripa com o município vizinho, São José. 

Valorização e moradia em Curitiba e Florianópolis

Se você gosta bairros tranquilos e predominantemente residenciais, com casas, sobrados e tudo pertinho, tem os bairros São Lourenço, Água Verde, Portão ou Bacacheri em Curitiba. Alguns bairros são mais movimentados, com prédios e avenidas rápidas, mas que proporcionam muito conforto como o Rebouças, Cabral, Juvevê e Cristo Rei.

Florianópolis é uma cidade muito plana em suas construções e possui diversas casas, sobrados e condomínios ótimos para moradia. Se você aprecia uma vida perto do mar e quer morar em frente a praia, recomendamos os bairros Canasvieiras, Campeche, Barra da Lagoa ou Armação. 

Se você vai a Florianópolis para trabalhar ou estudar numa rotina mais agitada, indicamos os bairros Córrego Grande, Estreito, Agronômica ou Itacorubi, todos os bairros contam com serviços essenciais (farmácia, shopping, mercados) e estão próximos do Centro.  

As duas capitais tem o valor do aluguel muito parecido. A diferença é que em Florianópolis, não importa onde você for morar, será um pedaço de paraíso, mesmo em bairros distantes do Centro. 

Curitiba está em momento de forte especulação imobiliária. É difícil comprar uma residência ou apartamento sem necessitar de um financiamento. É possível encontrar nas regiões periféricas ou cidades vizinhas imóveis para compra ou aluguel mais barato, mas pode ser muito longe do seu trabalho ou faculdade, o que complica bastante a logística da maior parte das pessoas. 

O que levar em consideração ao escolher morar em Curitiba ou Florianópolis?

Embora possa parecer uma ideia maravilhosa — e é mesmo! —, antes de fazer as malas e dizer tchau para a sua cidade, é bom estar preparado e consciente dos desafios que virão. Assim, você não será pego de surpresa caso algum perrengue apareça. 

Puxe um pouquinho o freio da empolgação e, em primeiro lugar, avalie se realmente está na hora certa de você mudar de cidade. E como saber isso? Comece a avaliar dois pontos básicos: sua rotina e sua condição financeira. Conheça os custos de vida de cada cidade detalhadamente.

Você já viu que morar em Curitiba ou Florianópolis significa excelentes moradias e condições muito boas para viver bem. Sua decisão vai depender muito mais do que você procura e qual é o seu estilo.

Se você gosta de um friozinho, de dormir de edredom e ama organização, a cidade de escolha pode ser Curitiba. Se o seu ideal ou sonho sempre foi morar perto do mar, num lugar cheio de gente bonita, calor e belas paisagens, opte por Floripa.

Nós da Unil Imóveis temos experiência com o mercado imobiliário de Florianópolis há 30 anos e podemos te ajudar a encontrar seu imóvel através de um corretor especialista. Entre em contato!

Unil Imóveis