(48) 3901-2000
vendas@unilimoveis.com.br CRECI 1162J

Florianópolis, São José ou Palhoça: onde morar em Santa Catarina?

27 fev 2020

Florianópolis, São José ou Palhoça: onde morar em Santa Catarina?

Morar em Santa Catarina é uma ótima decisão, mas aí começa o desafio: escolher uma entre tantas cidades interessantes.

Nesse caso, hoje vamos falar especificamente sobre Florianópolis – a ilha – e duas cidades da Grande Florianópolis que são bem conhecidas: São José e Palhoça.

Entenda as características de cada uma delas e o que você precisa levar em consideração na hora de fazer a sua escolha. 

Florianópolis

Número de habitantes: 500.973 (IBGE 2018).

Florianópolis é um dos lugares que estão no topo da lista de quem quer morar em Santa Catarina. Afinal, estamos falando de uma cidade linda.

Capital do estado, morar em Florianópolis significa morar em uma ilha – que tem muitos pontos positivos e algumas desvantagens, e essas podem ser maiores ou menores dependendo do estilo de vida que você pretende ter. 

Se você ou um integrante da sua família pretende estudar na UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), a ilha é a melhor opção. Além disso, a capital abriga centenas de startups, o que é ótimo para quem pretende empreender ou conseguir um emprego em uma dessas empresas. 

Uma desvantagem de morar em Florianópolis é certamente o trânsito, já que o lugar é uma ilha com poucos acessos. Em horários de pico, por exemplo, fica bem difícil se deslocar. Mas se você trabalha de forma remota (home office), essa desvantagem acaba não sendo tão grande. 

A capital de Santa Catarina também está cheia de belezas naturais, com muitas praias e natureza exuberante, além de boas opções de lazer. Diante disso e das demais despesas que você terá para viver na ilha, o custo de vida alto (em comparação a outras cidades) é um ponto a ser considerado.

Confira aqui mais vantagens e desvantagens de morar em Florianópolis antes de escolher onde morar em Santa Catarina. 

São José

Número de habitantes: 246.586 (IBGE 2018).

São José faz parte da Grande Florianópolis – portanto, uma cidade do continente, que fica a 6 km de distância da capital e é uma boa opção para morar em Santa Catarina.

Fundada por açorianos, a cidade vem crescendo nos últimos anos, muito por conta da proximidade com a ilha e pelo fato do custo de vida ser menor. Ou seja, é uma boa opção para quem está começando (ou recomeçando) a vida, precisa economizar nas despesas e não abre mão de estar próximo à capital – seja para trabalhar ou para o lazer. 

Aliás, eis uma vantagem interessante: você pode escolher morar em São José mesmo que trabalhe no centro de Florianópolis ou mesmo nas cidades do entorno – mas atenção à desvantagem do trânsito na ilha. 

São José também é uma ótima opção para morar em Santa Catarina por causa da alta qualidade de vida, das opções de lazer e pela paisagem bonita – o que nos obriga a sair mais de casa para praticar exercícios ao ar livre. 

Existem boas opções de bairros para viver com mais tranquilidade, como Barreiros e Campinas, por exemplo. Além disso, a economia da cidade é movimentada por conta do distrito industrial – segmento do mercado que não se encontra na ilha. Por isso, se você atua na indústria, considere viver em São José.  

Palhoça

Número de habitantes: 171.797 (IBGE 2018).

Por fim, temos a terceira opção para morar em Santa Catarina. Palhoça também faz parte do continente e está um pouco mais distante da ilha, a cerca de 15 km. 

A cidade é cortada pela BR-101, tornando o deslocamento mais fácil tanto para o norte quanto para o sul do Estado, além da BR-262, facilitando o acesso à serra catarinense. 

Palhoça é uma boa opção para morar em Santa Catarina porque reúne várias características interessantes  – porém, uma vantagem que se destaca é que trata-se de uma cidade menor, mas perto da capital. 

Ou seja, a qualidade de vida é um ponto forte da cidade, que também conta com belas praias (destaque para Guarda do Embaú, conhecida como a Reserva Mundial do Surfe) e bons bairros para morar, como Pedra Branca e Pagani. 

Além disso, a economia de Palhoça é movimentada tanto pela indústria quanto pelo comércio, com destaque para os setores de tecnologia, metalomecânico, robótica, cosméticos, etc. 

No entanto, todas essas vantagens têm um preço: o custo de vida de Palhoça é maior em comparação a São José, mas menor em relação à capital. Portanto, é preciso fazer as contas para avaliar o melhor custo-benefício entre as três opções. 

E então, quais das três cidades escolher para morar em Santa Catarina?

Tomar a decisão de escolher onde morar em Santa Catarina é uma tarefa que requer atenção. Afinal, entre as três opções de cidades, não existe a melhor e nem a pior – todas apresentam qualidades e desvantagens.

Nesse caso, segue uma lista com alguns itens que você precisa considerar ao tomar a sua decisão – faça essa avaliação considerando também as pessoas que irão morar com você: 

  • Estilo de vida;
  • Custo de vida;
  • Trabalho;
  • Vida social;
  • Segurança;
  • Educação;
  • Acesso a comércio de produtos e serviços.

Quer que a gente explique melhor sobre todos esses itens para te ajudar na decisão de morar em Santa Catarina? Então deixe o seu comentário!

Aproveite e comece o seu planejamento conferindo aqui as opções e os valores de imóveis nas três cidades.

Unil Imóveis